o preço a pagar

Estou a poucos minutos de testar uma nova fase de treinos. Vou sair do escritório de carro e vou para Monsanto afinar um loop de desnível técnico, em detrimento de correr perto do bairro ou nem correr.

Gosto do esquilo trepador clássico que tem 10km e cerca de 350m de desnível positivo, mas nesta fase e na nova orientação, o rácio de desnível por km é demasiado baixo (3,56%). O MIUT com os 7100m em 115km tem 6,1% e a Ehunmilak com 11000m em 168km tem 6,5%. Um STE XL Remix em Sintra consegue 6,1% (1900m em 30km) aproximando-se dos valores destas últimas. É isso que é preciso fazer.

Uma grande diferença entre mim e o João LP que fez um excelente MIUT é que o João pode treinar um STE todas as semanas e eu fiz um de 15 em 15 dias devido aos constrangimentos da vida pessoal. Outra prendeu-se com alguns excessos, com tentar fazer coexistir a corrida com outras dimensões da minha vida pessoal.

E isso teve de levar uma grande volta. Coloquei o objectivo de treinar acima de tudo o resto na minha vida excepto o mínimo essencial: a minha filha, emprego e correr. Já pago na vida pessoal, amigos com que não saio para beber um copo ou jantar. Já implica opções na vida sentimental de solteiro, dates que se cancelam, fins de semana românticos que podiam existir e não existem. Já pago em passatempos e actividades de que gosto e não faço, há séculos que não vou para Peniche pescar só porque lá não tenho subidas e descidas para correr, é plano.

O treino de hoje será curto porque estou a começar pós MIUT e amanhã serão 4 horas em sintra com 1900m de desnível.

Ehunmilak…

Advertisements

2 thoughts on “o preço a pagar

  1. em Monsanto tens um estradão interessante com 10% de desnível, onde, com um treino de ratinho consegues sacar 1.000 D+ em 2h: 10*cozido integral – no strava batizado de “Subida do Tony” 🙂 https://www.strava.com/segments/7558420
    (ultimamente, às terças, das 5:15 às 7:00, o Tony tem tido muita procura)

    1. Conheço bem, corro com os Esquilos 🙂 Mas não é o mesmo tipo de desnível. A Subida do Tony ou o Cozido Integral ou short faço todo a trote e a descer vou a correr. Eu quero desnível técnico. No meu loop anterior tens coisas como isto, as escadas do barcal que se podem subir e descer 🙂 https://www.strava.com/segments/10869169
      Mas há mais uns trilhos por ali desse lado e para o lado norte que dão para fazer um loop. É mais curto, mas mais representativo do que é um MIUT ou Ehunmilak.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s