Downhill vs Uphill

Resumindo: sou estupidamente bom no downhill e uma merda no uphill. A rolar estou bem, um pouco acima da média graças aos treinos de estrada para maratonas.

Mesmo em treinos com ritmo relaxado para mim fico quase sempre no top 10, top 20 de segmentos longos de downhill em 100, 200 atletas no strava. Se meter o turbo consigo top 5, já tive CR’s. Adoro downhill. Fiz BTT antes e talvez isso me dê um certo à vontade em terrenos técnicos, pois mesmo no máximo, a velocidade não se compara com o que se atinge de bicicleta com os pés presos nos pedais. Não que alguma vez tenha descido trilhos comparáveis aos de Sintra com aqueles saltos. Respect.

Mas uphill… em Sintra tive um top 10 num longo segmento em 80 pessoas mas morri. O resto do treino foi péssimo e a 2/3 da subida colapsei e tive de andar. Foi num treino longo de 28km, mas aquele boost na subida rebentou comigo. No meu ritmo normal, o mesmo que me coloca no top 20 de downhill, fico nos últimos 25% da tabela quando treino em Sintra. Não acontece isso em Monsanto porque lá faço treinos mais curtos e dou-me mais ao luxo de rebentar, mas sinto que eu estou em esforço maior do que colegas que estão a resguardar-se mais e vão ao meu ritmo.

Podia pensar “ok, é porque eu quando corro em Sintra é sempre 4h para cima” e os segmentos não têm isso em consideração. Se lá fizesse um treino de 20km com apenas 1000m de desnível podia partir bastantes tempos, mas não explica tudo.

Sou mesmo mau a subir. Já estive a ler umas coisas sobre isso e conto fazer uns treinos próprios para melhorar nessa parte. Pelo menos, estou a melhorar.

Advertisements

3 thoughts on “Downhill vs Uphill

  1. “Uma merda no uphill”, LOL. O problema são os referenciais que temos. Por exemplo, no downhill tenho de deixar de comparar-me contigo e passar a comparar-me com as senhoras que saem do Centro de Dia quando vou buscar o meu filho ao jardim de infância.

  2. Apesar de ser um merdas em geral, creio que sou pior em downhill do que uphill nem que seja por questões mentais. Sou bastante mais defensivo a descer do que a subir e muito mais consistente na gestão do esforço em subida, onde tenho sempre uma noção melhor de como estou do que a descer.

    Mas estou sempre a aprender…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s