os dados estão lançados para o UTAX

Treino de 28kms este sábado, num percurso que eu e o meu amigo João baptizámos de STE XL.

treino3 treino2 treino1

É um STE mas com um extrazinho de 4 ou 5km, mais uns 400m e mais técnico, evitando o estradão numa das descidas e optando pelo trilho. A maior inovação é ir até ao Penedo e tornar o percurso mais agradável com uma pausa arejada com vista para o mar e ainda uma paragem no refúgio do ciclista, para uma coca-cola fresca e um café.

Foi o último grande treino antes do utax. Tive algumas quebras, não me senti tão bem como no treino de 50kms. Vinha de uma noitada, fui em jejum, enfim… Não me importo nete tipo de treinos, todas as más sensações são bem vindas, no dia da corrida vou encontrar pior após os 60km… garantido!

Mais um treino com o João, temos quase o mesmo nível, ele é ligeiramente mais rápido do que eu e tirando uma prova em que o papei forte e feio, o paleozóico, nas outras 2 ou 3 que fizémos, deu-me baile. Nos treinos conseguimos ter um pace confortável e sincronizado. Adorei treinar a quase solo com o Mestre, o José Carlos Santos, mas o Mestre é muito mais poderoso do que eu! Temos sempre a sensação de estar a atrasar. Num treino curto dá, mas num treino de 4-5h, é mais difícil.

Assentei no esquema para bolhas. Se houver cursos de água ou houver potencial para tempo quente (é o caso do utax), só levo kinesio tape nos pontos críticos. Se estiver frio e ou seco, levo banda cirurgíca mais kinesio. O taping dos pés resulta e e em menos de 3-4 minutos faço tape aos dois pés com alguma prática. Planeio mesmo fazer taping a meio da prova, deitando fora as fitas antigas e colocando novas. Tomar conta dos pés numa prova que pode demorar 22-23h nas minhas expectativas, é ajuizado.

Nos próximos dias vou estudar o mapa de abastecimentos e o plano. Vou levar 6 garrafas com perpetuem, cada uma com perpetuem para 3 horas que serão consumidos em  4 horas, isto para compensar os abastecimentos que me dão sempre kcal extra e para evitar uma concentração demasiado elevada. É interessante, até 8 horas consigo depender exclusivamente de perpetuem, a partir daí, preciso de coca-colas, chocolate, bolos, amendoins, tudo… comida a sério. Numa ultra de 112k vou ter fome.

Estou forte. É impossível desistir por cansaço. Tenho o pace fixado a ferro e fogo. Não vou arriscar muito. Quero desfrutar das paisagens, das pessoas, dos camaradas corredores com quem trocarei dedos de conversa. Do convívio com o amigo João e com a Patrícia que vai fazer uma distância menor. Quero conhecer a gastronomia da zona, respirar o ar puro.  Vou ver um amanhecer na serra, um dia inteiro e um anoitecer.

Estou inscrito no MIUT! Já está, inscrição, hotel, avião. No MIUT sim, vou ao limite, no risco, também com o amigo João LP. A distância é parecida, a ideia é o UTAX ser o baptismo em +100km e o MIUT ser a prova competitiva, como foi a Transvulcania vs o Reccua Douro Ultra Trail.

E pronto, para já é isto.

Advertisements

2 thoughts on “os dados estão lançados para o UTAX

  1. Diz que vai chover no UTAX. Sempre é melhor que o calor. Ainda hoje estive a ver videos no YouTube sobre o utax e tsl do ano passado. O frio na barriga já começou. 😀

    Queria ir ao MIUT, e antes aos Abutres, mas também quero fazer uma maratona de estrada para o ano. Não me consigo decidir ainda. 😀
    Estás bem e forte, pá. You rock, man. (y)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s