treino abortado

Decidi ontem não ir aos esquilos hoje porque temia exactamente o que me aconteceu. Saí de casa para +-10km na Belavista e logo nas escadas pensei “epáa…”. Na rua experimentei andar um pouco. Não é aquela dor de “dorido” de quando faço trail com muito desnível e fico com os quadricipedes todos inflamados por causa do downhill. São “dead leags”. Uma dor que parece que vem junto dos ossos, das tíbias sobretudo e as pernas não reagem e ficam fraquinhas. Experimentei correr. Fiz uns 400 metros e voltei para trás. Vi que o meu coração já ia a 160bpm só para aguentar um pace de 6:15, algo que normalmente exige uns 130-140. Parei mesmo de correr e fui a andar a pé. Estava um nascer do sol muito bonito, as nuves estão espectactulares.

Podia, como fiz antes, forçar a barra, mas é assim que me lesiono. E gostava de fazer um bom long run este fim de semana, por isso vou resguardar-me. Já está a ser um aumento de volume muito rápido assim mesmo e o cansaço significa que o treino está a agir e a fazer efeito, que estou no limite actual.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s