porquê o utax e 112km? (monólogo interior)

ainda nem consigo andar e já estou inscrito nos 112km e +6000m do Utax. Curiosamente, o meu amigo João, que fez excelente tempo no UDP, também se inscreveu de uma assentada. Digo curiosamente porque ele achava um disparate estas distâncias, mas a experiência do UDP foi tão boa que nem hesitou muito. Almoçou sobre o assunto e disse ok.

Já pensava inscrever-me no UTAX desde o início do ano, fazia parte do meu calendário. Deve ter sido mesmo a primeira ultramaratona que vi na internet em 2013. Lembro-me de ter ficado fascinado com a possibilidade de um dia o correr.

O meu problema na Transvulcania e especialmente aqui no UDP foram bolhas, não a distância. Terei uma estratégia testada para evitar bolhas ao máximo, embora não se preveja calor em meados de Outubro – e nunca tive bolhas antes. É impensável fazer o UTAX sem ter a certeza que os meus pés estarão ok. Se resolver isso, o UTAX é meu.

Quero fazer o MIUT em Abril do ano que vem em modo mais competitivo e preciso de um teste na distância, para ganhar experiência. O UTAX será a primeira vez que vou para lá dos 100km e uma prova que não fica muito atrás a nível de dificuldade.

Só tive bolhas nestas duas últimas provas, UDP e Transvulcania. Verificaram-se estes factores: calor extremo, usei umas meias da CEP nas duas provas, umas meias que nunca tinha usado antes a não ser em treinos. Começo a desconfiar seriamente que o tipo de meia que é, muito lisa e com factor elevado de compressão, acaba por diminuir o volume do meu pé e favorecer folgas dentro das sapatilhas. Talvez meias mais “volumosas” e “fofas” permitam estabilizar mais o pé em percursos técnicos. Outro factor: piso muito técnico nas descidas, calhaus irregulares, pó a “empapar” as sapatilhas. Usei as La Sportiva Ultra Raptor que nunca me deram bolhas antes, mas talvez estejam já a ficar um pouco “folgadas” devido aos castigos que já sofreram. Ou então é só das meias. Tive muito mais bolhas na UDP devido à água nos pés, misturada com a poeira, a sapatilha deixou de respirar, ficou uma sauna.

Em vez de ficar deprimido com esta corrida, muito pelo contrário, tendo em conta a falta de treinos, a prova do ponto de vista físico, mesmo com duas quebras, correu bem. Mesmo nesses momentos em que me senti fraco, recuperei em poucos minutos e foi uma prova que passou bem rápido.

Agora para o Utax vou apenas treinar volume e desnível. Em ritmos lentos para metabolizar gordura. Vou fazer grandes passeios, alguns em modo hike fotográfico. Também vou ver se há alguma opção interessante para sapatilhas de trail tipo as Ultra Raptors. Posso começar a usar estas Ultra Raptors só para treinos e ter umas novas (e sobresselentes) para as aventuras que aí vêm.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s