a minha estreia com os Esquilos de Monsanto

treino1

treino2

treino3

Treino muito bom, fiz bem em não correr nos últimos dois dias para poder divertir-me nas rampas com a companhia dos Esquilos que já seguia tão atentamente via facebook. Obrigado à Gralha pela boleia e convite. Fiquei rendido à possibilidade de fazer isto regularmente. O grande desafio está em sair da cama às 5:20, 5:30 da manhã, mas o facto de haver um grupo que o faz, torna o sacrifício menos difícil. Pelo menos, faz-nos sentir um pouco menos doidos. E menos sozinhos, em todos os sentidos, sendo a epopeia das ultras de trail apenas um dos navios.

Gostei de correr com o frontal ligado num dia de semana, no meio de monsanto. É uma visão engraçada, deve ser para os poucos automobilistas aquela hora, ver um pelotão de gente de luzes na cabeça a serpentear pela serra em fila indiana.

Foi o primeiro treino conjunto com um grande grupo (no treino do Sintra Trail Extreme perdi quase todos logo na 2ª subida!) e no início não entendi muito bem que havia ritmos diferentes e que o pelotão se alongava, de modo que fui a acompanhar ‘os da frente’ ou quase, sem o saber. Para mim foi rampas e anaeróbio: fiz PR’s em todas as subidas, algumas por onde já passei tanta vez. É a chamada peer pressure, aqui em bom porque o treino foi, apesar de tudo, curto e aguentei bem. O grupo permite acomodar níveis diferentes, esperam uns pelos outros, umas piscinas ou sentam-se a descansar depois do boost na rampa. Para além da companhia da ‘Gralha’, foi muito bom correr e conversar com o Luís Neves Franco e o Bruno Fernandes, dois grandes corredores que inspiram.

Continuo a ser fã absoluto dos long runs solitários em serra, mas em treinos diários, penso que está aqui um bom alibi para treino de trail. Amanhã talvez repita a dose, indo de casa a correr até ao parque do penedo e voltando a correr, fazendo uma espécie de long run semi-urbano.

Estou a 2 semanas e 3 dias do transvulcania, cansado ainda. O pico foi na altura certa. O entorse hoje sofreu um pouco e vai-me saber bem reduzir volume e sentir-me fresco finalmente, na véspera da corrida.

Advertisements

One thought on “a minha estreia com os Esquilos de Monsanto

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s