olá limite

Belo nascer do sol. Era suposto ser dia de descanso hoje, depois de um fim de semana com 55km incluindo um long run de 44km em Sintra. Como não é fácil treinar amanhã, tentei fazer 15km hoje e ao km 4 percebi que faria 7 ou 8 com dificuldade e nunca na vida mais de 10. Lá me consegui arrastar para os 11km à custa de fazer um desvio para longe de casa de propósito. Cansaço extremo nas subidas, em plano ainda me conseguia mexer. Muita dificuldade a cada passo, dores no dedo do pé grande esquerdo, entorse a latejar, dores no peito do pé direito, pontadas na coxa esquerda, pés inchados, enfim, senti-me como um boneco de vudu todo alfinetado. Pela minha sombra longa no sol da manhã, no parqe da belavista, podia ver-me todo desengonçado à procura da passada menos difícil. Amanhã nem pensar em correr e se for preciso descanso outro dia e outro, nem que seja para tentar fazer o long run em condições. Isto sente-se logo a subir escadas, uma espécie de peso. Não podia correr duas semanas de 100km pela primeira vez e não pagar a factura. Mas fico feliz por ter chegado a esse limite sem lesões graves.
treino

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s