raiva

treino

ando cheio de raiva. Uma raiva existencial. Os meus runs são stressados. Pouco tempo. Quero inflingir-me o máximo de pancada. Qualidade vs Quantidade. Vou abusar até sentir inícios de lesão. Destroí o meu recorde da volta ao EUL. Um recorde que só me atrevo a quebrar em taper para provas. Neste foi “estou aborrecido, estou ansioso, vou bater esta merda”. Tirei 40 segundos e fixei em 11:15 o PR da volta ao estádio. fiquei no top 20 em 250 pessoas ou mais. Em jejum e algo ressacado e num run de 8km +. Sem monitor cardíaco. Mas sabia o que estava a acontecer cá dentro.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s