Lamborghini Aventador em Málaga?

Não começou bem o treino de 1h fácil + 1h ritmo de maratona. Foi na hora crítica que já me tinha lixado no baleal, depois das 10 da manhã. Tenho claramente um buraco de energia entre as 10 e o meio dia e meia quando não tomo um pequeno almoço com o dobro das calorias do normal. Aos 8 minutos de corrida já sentia fraquezas e não iam ser os 3 géis na bolsinha que me iam safar. Comecei desesperadamente à procura de um café aberto, mas Domingo de manhã em Lisboa, pela zona de escritórios que atravessava (av de Berna, Gulbenkian) nada… Finalmente aos 15 minutos  vi um estabelecimento aberto, pausa no relógio, entrei. Vim prevenido com 4 euros (depois do susto do baleal…) e comi uma gigantesca tarte de maçã e bebi um café. Com aquilo aos saltos no bucho subi ao topo do Parque Eduardo VII / Palácio da Justiça para prestar homenagem à detenção de Sócrates. A pouco e pouco fui entrando nos eixos. A hora final no pace de maratona foi feita sem consultar o relógio a não ser para evitar que o coração passasse acima das 170bpm. Custou um bocado aquela hora final e tive a sensação de estar a falhar o alvo, havia vento contra quando ia para norte, ali às voltas no campo grande. Mesmo assim notava que passava toda gente. No fim do treino, muito cansado, consulto o relógio e fiquei eufórico:
treino1

Bati o meu tempo de 10k, 10 milhas, 15k e o 2º melhor tempo de Meia Maratona. Pelo caminho uns trinta PR’s em segmentos. Com uma média cardíaca de 167bpm, mantive um pace médio de 4:43 durante uma hora. É certo que manter sub 4:58 durante 3 horas e meia é outra conversa, mas falta apenas mais 1 long run de apenas 1 hora e uns treinos leves e isto já foi resultado da diminuição de carga…

treino

… o que me faz ter ‘medo’ do eu que vai estar na grelha de partida em Málaga, depois de todo o tapering. Não posso ficar demasiado confiante, 3h30′ é já no meu limite e nada substitui a real experiência de manter um pace destes ao longo de 42km. Mas que foi muito bom foi, pois quando consultei o relógio temi mesmo algo como 5:10… era a sensação com que estava. Tirar 30 minutos a um PR de maratona em 7 meses, parece-me fantasia ainda. Vamos ver!

 

lambo

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s