afinal…

Faço upload do bicho para o strava. Bati os meus recordes todos da zona do Baleal – Peniche, mesmo no segmento contra o vento (Peniche – Baleal). Por incrível, bati o recorde também na zona a favor do vento em que ia em ritmo fácil (o que diz bem da força do vento que nesse segmento me empurrou).

Aqui o gráfico. Tentei manter abaixo das 170bpm quando começou o intervalo de 30′. Mantive-me abaixo de 5:00 no primeiro km, mas aí tinha o vento pelas costas. Não sei bem o que concluir. 5:07, sem vento, teria sido… 5:00?  E eu aguento este ritmo mais de 30′? Mais de 1h? E 3 horas e meia?

z4

Não sei se dá para melhorar muito até Dezembro. Falta o mês de Novembro, vamos ver. Sei que estou a forçar um pouco o salto no meu easy run, a 5:30 não sinto “fácil”, mas quero treinar a respirar e relaxar neste pace.

Advertisements

2 thoughts on “afinal…

  1. Lourenço, espero que tenha melhores resultados lá em Malaga do q eu tive hj aqui na Maratona de SP! Fui para uma meta de 3h40 mas os 36 graus e o clima mais seco que o Saara me devoraram! Acabei chegando em 4h15, mesmo tendo treinado duro. Maratonas e ultras tem desses imprevistos que podem mudar todos os planos. E, verdade seja dita, é justamente esse um dos principais atrativos das longas distâncias.

    1. 36 graus :O puxa! Eu para Malaga receio apenas chuva muito forte, penso que não estará muito quente a 7 de Dezembro, o perigo seria mesmo chuva e dia muito frio, com vento… Parabéns em todo o caso pelas 4h15 com 36 graus sem desidratar 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s