3h30?

O teste hoje, apesar de ter decorrido em condições bastante adversas (jantar demasiado regado para ver a bola ontem) correu bem. 6 x 1000m a pace de 10k. Conforme expliquei neste post, deveria conseguir correr 10k a 4:28. No garmin 610 com o exercício pré-programado, usei um ecrã com apenas 2 dados: batidas cardíacas e distância / tempo entre cada intervalo. Tentei que as batidas cardíacas ficassem entre 170-180 pois é um nível no qual posso aguentar uma corrida de 10 mil metros. Sem ver o pace, portanto, acertei mais ou menos entre os 4:20 e 4:30, excepto o último intervalo que fiz a 4:38 e já com dificuldades a manter-me abaixo de 180bpm, mas que foi feito quase todo contra o vento.
6x1k

Quando ainda faltam 2 meses de treinos com velocidade pelo meio, isto é uma boa indicação no campo dos 10k. É um mistério ainda saber se consigo fazer 1km abaixo de 4 minutos (deveria conseguir 3:40) e vou guardar isso mais para o fim, quando começar treinos de velocidade mais leves, mas o grande teste será no fim deste mês quando tentar correr uma meia maratona em treino a 4:43, ou 1h39′, o que significa tirar quase 20 minutos ao meu tempo actual de meia maratona, estabelecido na maratona de Madrid (os meus melhores 21k dos 42k foram corridos em 1h58′) . Antes disso tinha feito 1h59 há quase 1 ano, na meia dos descobrimentos. Portanto, se tenho a certeza que 1h59′ não reflecte o meu nível actual, tirar 20 minutos a isto parece-me por outro lado muito difícil. Stay tuned!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s