planeamentos

RDUT MAPA GERAL

Faço os preparativos finais para o DUT. Já incluí o track gpx do percurso no relógio gps. Pode ser útil no caso de falhar alguma marcação e precisar de consultar o relógio para me orientar. A maior dificuldade será a distribuição da alimentação. O saco de muda de roupa e abastecimento só é recebido ao km 55 em Fontes, depois de toda a primeira parte mais complicada e demorada, incluindo a subida à Sra da Serra.

Portanto, logo à partida terei de levar combustível que chegue para boa parte da prova. O meu método será o de levar garrafas de plástico de água mineral cheias de doses de Perpetuem (em pó) e ir misturando água nos postos, para não ter peso a mais e para não ter o problema dos sacos de congelação e soft-flasks da salomon, com que me dei tão mal nos treinos, fosse por não conseguir misturar o produto, fosse porque o gargalo é demasiado estreito e o pó voava-me todo para fora do mesmo, criando uma mistela pegajosa que, para além de ser desagradável, acabava por entupir a válvula do soft-flask ao enroscar a tampa. Creio que não vou poder mesmo misturar garrafas de 500ml com Perpetuem para 2 horas. Terei de fazer misturas para 3 horas, de outro modo vou com uma mochila demasiado volumosa, cheia de garrafas rígidas com ar lá dentro e pó. Assim, estimando que demoro 12 horas até fontes num mau cenário (o tempo limite para lá chegar seriam 14 horas), preciso de 4 garrafas de pó para 3 horas cada uma. No passado dei-me mal com o sabor demasiado enjoativo do Perpetuem quando tão concentrado, mas foi numa ocasião em que tive dificuldades em misturá-lo e a água estava quente (o que não vai acontecer). Além disso, vou poder diluir mais a mistura quando passar por fontes ou postos de abastecimento. Ou seja, é importante consumir o pó todo nas 3 horas, mas assim que beber 1/3 da garrafa hiper concentrada, posso meter-lhe mais 1/3 de água e ter a concentração praticamente equivalente à de 2 horas, bebendo 250ml por hora. Não deixará de ser complicado coordenar isto com a alimentação nos próprios postos. É a minha primeira experiência. Neste momento a perspetiva é mais de precaução: vamos assumir que levo comigo o mínimo necessário para ter calorias suficientes. Se me vão dar uma sopinha quentinha cheia de massa e feijão, a fumegar, não lhe vou dizer que não. Se há uma coisa que já percebi pelos treinos é que nada substitui comidinha substancial, com alguma gordura (ex: azeite), com sabor a sal lá pelo meio, uma coisa que aconchegue o estômago.

O complicado será a logística da água com electrólitos a levar comigo. Não queria mesmo nada usar a bolsa (camelback) da mochila, uma vez que com esta se torna complicado saber quanta água temos (está na mochila, não se vê!) e é uma chatice enchê-la de novo, obriga a tirar a mochila, abrir o saco, etc. Penso que para esta prova lá terá de ser. A Salomon Advanced Skin LAB HYDRO 12 é uma excelente mochila, hiper leve, não causa qualquer atrito nos ombros, é elástica. Os soft flasks funcionam mesmo, não se ouve o chocalhar da água, excepto no saco, quando está quase cheio. Adoro-a, mas acho-a mais adequada para treinos, pois permite levar 3.5 litros de água, o que é bastante.

Salomon_Adv_Skin_S-lab_Hydro_12_Set_DeportesNomadas_1

Já para provas, se optasse hoje por outro modelo, seria algo assim. Bastaria desenroscar a tampa e teria uma gargalo suficientemente largo para despejar pó lá para dentro. A forma rígida também facilitaria a mistura, era só sacudir. Um teria perpetuem ou algo do género e a outra água.

race

Acho que vou simplesmente meter 700ml e uma pastilha, depois logo vejo como decorre a prova,  se está muito calor ou não, etc.

Para já não se prevê chuva para Sábado, mas sabe-se como estas coisas são e a possibilidade de micro-fenómenos em serra e a altitude. Pode estar agradável ao nível do rio Douro em Peso da Régua, mas 35km depois a 1500 metros de altitude, com nevoeiro, chuvisco + vento, pode estar gélido. Mesmo aos 600 metros já se notam diferenças consideráveis. Mas isso já estava previsto, levo o impermeável (obrigatório) 1 t-shirt técnica e por precaução vou levar uma de manga comprida justa que posso usar debaixo da t-shirt técnica se estiver frio. Na muda de roupa aos 55km também vou incluir um novo par de corsários, 1 par de meias e mais 2 tshirts. Também vou incluir um 2º par de sapatilhas, just in case…

Agora à tarde vou fazer já a mala e correr tudo, assim se faltar algo ainda consigo ir às compras. Nervos pá.

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s